Rodolfo Avelino é especialista em segurança da informação e proteção de dados, bacharel em Sistemas de Informação, concluiu seu mestrado no programa interdisciplinar em TV Digital pela UNESP, onde sua pesquisa comparou os programas de universalização de acesso a Internet brasileiro, americano e argentino.

É doutorando no programa de ciências humanas e sociais da Universidade Federal do ABC, onde desenvolve a pesquisa sobre as “Tecnologias de rastreamento comportamental online e a economia da privacidade”. 

É consultor em segurança da informação, possuindo experiência de mais de 27 anos liderando projetos de segurança, infraestrutura de redes e cloud computing em instituições financeira, prestadores de saúde e industria. 

Na atualidade desenvolve projetos de segurança de dados e compliance em algumas certificações como PCI-DSS e Iso 27000. 

Na área acadêmica leciona há mais de 20 anos, sendo os últimos 14 no ensino superior. Hoje em dia é professor no curso de Engenharia de Computação onde leciona na disciplina de Tecnologias Hackers, e no curso de certificação em tecnologia e direito do Insper. 

É pesquisador e contribuiu para a criação do Laboratório de Tecnologias Livres (LABLivre) na Universidade Federal do ABC. 

Participou da construção do projeto experimental de montagem de uma Wikihouse, chamada WikiLab que é um laboratório acadêmico de tecnologias livres em conjunto com a comunidade maker da região do ABC em São Paulo. 

Na região Amazônica coordena o desenvolvimento do aplicativo para registro de violações de direitos humanos e ambientais “Projeta Amazônia” (https://protejaamazonia.org), bem como realiza ações de formação, diagnóstico de impactos socioambientais junto às comunidades indígenas, ribeirinhas e assentados da reforma agrária. 

No decorrer das ações na região amazônica, a falta de conectividade de dados para a comunicação dentro das comunidades, surgiu a oportunidade do desenvolvimento de redes de comunicação wireless autônomas para regiões remotas. O projeto se inspirou no projeto FabFI do Afeganistão (https://en.wikipedia.org/wiki/FabFi). 

No terceiro setor foi componente da direção do Coletivo Digital e Coordenador adjunto do Coletivo Actantes, onde desenvolveu projetos relacionados a Inclusão Digital, Software Livre, Segurança da Informação e privacidade dos dados. 

É componente da organização do maior evento aberto do mundo de segurança e privacidade a CryptoRave. Foi componente da organização do Congresso Internacional de Software livre ( CONISLI) , por 10 edições, evento que despontou com um dos principais do país, de Software Livre, no começo dos anos 2000.

Mascara overlay
Rodolfo Avelino
Mascara overlay
Rodolfo Avelino