Estudantes apresentam projetos no Latinoware

  • Comunicação Latinoware
  • 608
  • 2018/10/17


Pelo menos 40 alunos, da Escola Municipal Terezinha Picoli Cezarotto, de Cascavel, estão participando do Latinoware 2018. A intenção é apresentar o projeto de Robótica da Escola e fomentar o interesse dos alunos pela tecnologia. O projeto já existe há cinco anos, com alunos entre 9 e 15 anos, que aprendem sobre robotização, tecnologias e programação. Para o Congresso, os alunos trouxeram protótipos criados por eles durante o curso.

“Aqui no Latinoware eles conhecem pessoas, trocam experiências, e enchem os olhos de conhecimento, podendo replicar depois em sala de aula com os colegas. Considero o evento muito importante, não só como oportunidade para alunos que já estão inseridos no mundo da robótica, mas para incentivar o aprendizado em novas tecnologias”, destacou o professor e responsável pelo projeto, Everaldo José de Souza.

Universidade

Já os alunos do terceiro ano do curso de Ciências da Computação, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), trouxeram um sistema inteligente de coleta de vozes que está sendo projetado para facilitar o processo das organizações que precisam criar atas de reuniões. Outro objetivo é desenvolver uma base de vozes que poderá servir para outros pesquisadores.

O projeto “Speech to Text”, Discurso para Texto em inglês, que utiliza a inteligência artificial por meio de redes neurais artificiais está sendo desenvolvido pela UTFPR em parceria com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI). Para o professor responsável, Arnaldo Candido Junior, está é uma excelente oportunidade de integração dos alunos com outros projetos relacionados ao tema.

O estudante, Lucas Gris, parabenizou o evento. “Este é um evento que está integralmente ligado à inteligência artificial e software livre. Tem muita coisa acontecendo aqui. Para nós é uma oportunidade de divulgação da pesquisa e de se atualizar”, disse.

Apoio